Dupla presença de Anitta no 19º Grammy Latino é reflexo das conexões da artista com popstars do mercado de língua hispânica

A dupla presença de Anitta na lista de indicados da 19ª edição do Grammy Latino – divulgada ontem, 20 de setembro, em Miami (EUA) pela Academia Latina da Gravação – é reflexo das conexões da artista brasileira com astros do mercado fonográfico dos países de língua hispânica. É para esse mercado que o Grammy Latino se direciona.

O Brasil, por fazer música cantada em português, geralmente é excluído das principais categorias do Grammy Latino. Somente Chico Buarque representa o Brasil na categoria Álbum do ano, concorrendo com Caravanas (2017) nessa 19ª edição da premiação derivada do Grammy Awards.

Dificilmente Chico levará o prêmio na cerimônia programada para 15 de novembro no MGM Grand Garden, em Las Vegas (EUA) porque os nove concorrentes do cantor carioca (J. Balvin, Jorge Drexler, Pablo Alborán, Kany García e Luis Miguel, entre outros) têm maior peso no mercado que o Grammy Latino foi criado para louvar. A bem da verdade, a chance de Chico ganhar nessa categoria é nula.

Chico Buarque tem chance nula de ganhar o Grammy Latino de 'Álbum do ano' por conta de 'Caravanas' — Foto: Divulgação / Leo Aversa

Chico Buarque tem chance nula de ganhar o Grammy Latino de ‘Álbum do ano’ por conta de ‘Caravanas’ — Foto: Divulgação / Leo Aversa

Anitta tem mais chances de levar o Grammy na categoria Melhor canção urbana pela gravação de Downtown (José Balvin, Alejandro Ramírez, Justin Quiles, Anitta, 2017), feita com o astro colombiano do reggaeton J. Balvin – líder de indicações ao 19º Grammy Latino, aliás, com nada menos do que oito nomeações.

Já a gravação de Sua cara (Anitta, Thomas Pentz, Boaz Beatz, Pablo Bispo, Jefferson Jr., Arthur Marques, Umberto Tavares, Rashid Badloe, Giordano Ashruf, Rodrigo Antunes e Shareef Badloe, 2017) – indicada na categoria Melhor Fusão / Interpretação – tem aparentemente menor chance por não envolver nenhum popstar de língua hispânica.

Fonte: https://g1.globo.com