Terceiro maior canal de música do YouTube no mundo tem, em média, um bilhão de reproduções por mês

Clipes que fizeram a história da KondZilla.

Recentemente, o canal KondZilla se tornou o maior canal brasileiro no YouTube em número de inscritos. São, atualmente, mais de 31 milhões de pessoas que acompanham a divulgação de diversos clipes dos mais variados gêneros.

A produtora também celebra neste ano a consolidação como o terceiro maior canal de música do mundo, com uma média de um bilhão visualizações por mês.

Para celebrar esse marco, o Portal da Band separou uma lista de 10 clipes que marcaram a história do KondZilla no YouTube, que começou em 24 de setembro de 2012. Confira abaixo:

A estreia acontece com a publicação do videoclipe É o Fluxo, do MC Nego Blue. Até então, a produtora trabalhava atendendo os clientes, amigos e artistas que procuravam pelo trabalho. Como a assinatura da KondZilla começava a circular no movimento funk de São Paulo, a decisão foi unificar todos os trabalhos em um único lugar.

Se em 2012 a produtora publicou apenas três vídeos em seu canal, em 2013 praticamente triplicou a quantidade de lançamentos. A maioria dos trabalhos ainda era do movimento funk, com artistas majoritariamente de São Paulo, da Baixada Santista e alguns cariocas. Destaque para Toda Toda, dos MCs Pikeno e Menor.

Em 2014, o canal KondZilla alcançou a marca de um milhão de inscritos. Nos videoclipes, um salto na qualidade das produções, inclusive com gravações diretamente nos Estados Unidos. Foi também um ano importante para o funk, com surgimento de grandes talentos, como MC Livinho. O grande destaque ficou por conta de Sarrada no Ar, de MC Crash, que apresentou o Passinho do Romano para o mundo.

Já consolidada no funk, a produtora começou a desbravar outros mercados e gêneros musicais. A estreia foi com o pé direito, com a gravação do clipe Tombei, da rapper Karol Conka. Destaque também para o remix de Make The Crownd, do Tropkillaz, que se tornou música tema do jogo Need For Speed.

Foi em 2015 também que o funk quebrou grandes barreiras culturais. O videoclipe de Baile de Favela, do MC João, foi o primeiro do canal KondZilla a bater a incrível marca de 100 milhões de visualizações, levando a cultura do baile funk para o Brasil inteiro e o mundo.

Você quer hit? O ano de 2016 foi marcado por dois grandes sucessos da produtora. A primeira música a estourar nas rádios e nos bailes surgiu logo em maio, quando os MCs Zaac & Jerry mostram seus talentos ao som de Bumbum Granada.

E Deu Onda com o hit homônimo do MC G15. À época, a música quebrou o recorde de vídeo mais assistido do YouTube Brasil em uma semana, com cerca de 19 milhões de visualizações – desbancando Sim ou Não de Anitta, com 11 milhões de acessos. A canção ainda foi a mais executada no Réveillon de 2016 nas plataformas digitais e se tornou a mais procurada no Spotify mundial.

Em 2017, o hit do verão ficou por conta do recém-descoberto Kevinho. Olha a Explosão fez jus ao nome e colocou todo mundo para dançar no Carnaval. O sucesso do videoclipe foi tão grande – hoje com mais de 640 milhões de visualizações – que o cantor foi convidado a gravar uma nova versão com Wesley Safadão.

Esse também foi o ano da “flauta envolvente que mexe com a mente de quem está presente”. A música Bum Bum Tam Tam, de MC Fioti, foi fundamental na divulgação do canal KondZilla e consolidou a produtora como uma das mais influentes do mundo. Atualmente, mais de 800 milhões de visualizações no clipe.

O verão de 2018 foi marcado por uma música sem grandes pretensões: nascia ali MC Loma e as Gêmeas Lacração após publicarem um vídeo de brincadeira no YouTube. Com a bênção de Anitta, Envolvimento ganhou o Brasil e uma produção de respeito. KondZilla regravou o clipe com MC Loma, alcançando 115 milhões de visualizações. Cebruthius!

Fonte: http://entretenimento.band.uol.com.br/musica/